Felicidade não tem cor - Júlio Emilio Braz

Ontem não apresentei meu trabalho, pois era a última da listagem e o tempo da aula foi curto para tanto encantamento com as literaturas apresentadas pelas colegas de curso. Mas meu trabalho na disciplina "Literatura Infantil Juvenil" (no curso de Pedagogia - UFSC) sobre a "Representação e identidade: política e estética étnico-racial na literatura infantil e juvenil" Texto de Aracy Martins & Rildo Cosson. será apresentado na próxima aula e por isso aproveito para deixar meu post sobre outro livro que também é apontado pelo meu referencial teórico do trabalho:

Edição de 2002
Ilustrada por Odilon Moraes
Editora Moderna

Sinopse:
Maria Mariô, a boneca de pano negra, ficava no fundo da caixa da sala de brinquedos da escola. Às vezes se magoava, pois poucas crianças a procuravam para brincar; mas, paciente e filósofa, ela se conformava. Um dia conhece Fael, menino negro como ela. O sonho dele era ser branco, por isso vivia pensando em ir falar com Cid Bandalheira, o disk-jóquei da Rádio Roda-Viva, para pedir o endereço do pop star Michael Jackson, que sabia o segredo para virar branco. O que Fael não agüentava eram os apelidos que lhe davam: Carvão, Negão, e outros ainda piores. Seu grande inimigo é Romãozinho, com quem acaba se engalfinhando na escola. É suspenso, sente-se injustiçado e incompreendido até pelos pais e assim resolve fugir, decidido a buscar ajuda com Cid Bandalheira. Nessa fuga, leva junto a boneca, que se tornara sua confidente. Depois de muitos percalços, ele chega aos estúdios da Rádio Roda-Viva. Ali, uma surpresa o espera: seu ídolo, o maior disk-jóquei do planeta, o exímio dançarino, vive numa cadeira de rodas. Depois de uma longa conversa, Fael entende que não se pode dar asas ao preconceito e desiste da sua idéia. Passa a aceitar-se, desvia suas energias para coisas mais gratificantes e assim amadurece mais feliz.

Confira:
Download do livro em:
http://www.4shared.com/get/143571505/5accbc96/FELICIDADE_NAO_TEM_COR_SO_LIVR.html

Site da editora:
http://www.moderna.com.br/catalogo/encartes/85-16-03094-6.pdf
  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • Twitter
  • RSS

6 Response to "Felicidade não tem cor - Júlio Emilio Braz"

  1. Anônimo Says:
    16 de março de 2011 16:13

    Precisei da sinopse para fazer meu trabalho de literatura ...
    obrigado
    me ajudou bastante !!!

  2. Anônimo Says:
    29 de fevereiro de 2012 15:46

    adoro esse livro

  3. Anônimo Says:
    22 de maio de 2012 22:25

    me auxiliou bastante para um trabalho que tenho de fazer na escola!obrigada e admiro muito o trabalho de vocês♥tenho 12 anos e realmente é muito bom saber que posso contar com esse site sempre...
    mais uma vez,obrigada porque sei que isto é importante para vcs!grata

  4. Anônimo Says:
    23 de agosto de 2012 20:14

    Adorei estava louca atraz da ainopse desse livro para fazer um trabalho na disciplina Literatura Infanto Juvenil da universidade do estado da bahia, Foi massa !! vou atrás do livro para ler !!!! É issi mesmo nosssos autores precisam divulgar a imagem positiva que o negro tem ,e mostrar a sociedade que os esteréotipos devem ser quebrados para que se possa pensar em uma sociedade mais justa e igualitária .

  5. Anônimo Says:
    3 de dezembro de 2012 19:55

    Bom mesmo esse site obg.me ajudou mt no trabalho da escola.

  6. Unknown says:
    8 de setembro de 2015 22:55

    fiquei sem palavras para falar.

Postar um comentário

Seja bem vindo!
Sempre que acessar o blog, deixe seu recado!
Ele é muito importante e também motiva nosso trabalho!
Obrigada pela visita!