Os irmãos Grimm - Filme 2005



2005

Este filme de Terry Gilliam (...) relata-nos as aventuras dos irmãos Wilhelm e Jacob Grimm, os autores de vários contos infantis que há muito povoam o nosso imaginário e até hoje fazem as delícias de miúdos e alguns graúdos: Cinderela, Branca de Neve e os Sete Anões, Capuchinho Vermelho, Hansel e Gretel (ou A Casinha de Chocolate), A Bela Adormecida, entre outros. Os contos infantis são uma importante tradição cultural que perdura através dos tempos e procuram tanto divertir-nos como transmitir-nos alguma moralidade. Daí a importância dos irmãos Grimm e da influência que ainda hoje os seus contos têm sobre nós.
No princípio do século XIX, numa Alemanha rural ocupada pelas tropas napoleónicas, Will e Jake Grimm são dois charlatães que viajam por várias terras fingindo livrar as pessoas de feitiços, almas penadas e criaturas malignas a troco de dinheiro. Com o auxílio dos seus dois ajudantes num enredo de truques de ilusionismo, depressa ganham fama e muitas pessoas acorrem a eles. Esses contactos inspiram os seus contos, permitindo-lhes também recolher algumas histórias locais. Um dia as autoridades francesas descobrem as suas farsas e são presos. Porém o general (Jonathan Pryce) decide dar-lhes uma oportunidade de escaparem à pena de morte, à qual estariam sujeitos, e envia-os para uma aldeia onde algumas crianças desapareciam misteriosamente. Sob a vigilância do cômico e desajeitado Cavaldi, encarregado de os acompanhar para se certificar do cumprimento da missão, Will e Jake cedo se apercebem de que afinal existe realmente algo de sobrenatural na floresta perto da aldeia, onde as crianças desapareciam. É nessa floresta que, com a ajuda de Angelika, irmã de duas das crianças desaparecidas, descobrirão entre árvores com vida e sussurros fantasmagóricos, uma terrível maldição lançada por uma rainha há cinco séculos atrás.
A dupla de protagonistas: Damon e Ledger parece funcionar bem, se o primeiro já tem uma carreira consolidada, o segundo está a poucos passos de fazer o mesmo. Vemos que as personagens foram trabalhadas, conseguindo transmitir o antagonismo de caracteres sempre tão presente na sua relação de irmãos: Will é o mais racional e censura Jake por ser tão sonhador. Os cenários, nomeadamente o da floresta, são ricamente compostos: luzes, sombras e alguns efeitos especiais que estimulam a nossa imaginação, mas em contrapartida roubam por vezes a nossa atenção em relação aos actores e respectivas personagens. Nota-se uma grande preocupação estética com os cenários, quando a história podia ter sido melhor trabalhada de modo a ser ainda mais cativante. O filme lembra um pouco o universo mágico de Tim Burton, embora este possa ser superior em termos de qualidade. De qualquer modo não deixa de ser um filme a ver por quem gosta do gênero fantástico (…).

Isabel Fernandes
  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • Twitter
  • RSS

3 Response to "Os irmãos Grimm - Filme 2005"

  1. Anônimo Says:
    13 de agosto de 2010 15:17

    gostei da história mas deveria continuar á escrever a mesma.

  2. Gabriela de Amorim says:
    9 de fevereiro de 2011 15:06

    Oi Anônimo!
    Essa história postei até onde encontrei disponível na rede (conforme o link).
    Obrigada pela visita e fique sempre à vontade para navegar por outros posts e fazer novos comentários!
    Abraços!

  3. Anônimo Says:
    4 de dezembro de 2011 15:57

    Eu adoreiii eeste filme , ele é muito legal , mas ao mesmo tempoo ele me dava muitoo medo.. Muito emocionante este filme

Postar um comentário

Seja bem vindo!
Sempre que acessar o blog, deixe seu recado!
Ele é muito importante e também motiva nosso trabalho!
Obrigada pela visita!